quarta-feira, 10 de junho de 2015

A poda

Toda a vara em mim, que não dá fruto, a tira; e limpa toda aquela que dá fruto, para que dê mais fruto.
João 15:2

São próprios do nosso tempo julgamentos desmedidos. Se saiu do evangelho (caiu da graça, nunca esteve salvo, exerceu o livre arbítrio, etc) logo alguém dirá que foi tirado pois não estava mais dando frutos.

Mas quero tratar da segunda parte do versículo. Jesus limpa aqueles que dão frutos para que possam dar mais frutos. No manejo da flora isso é chamado de poda.

Não é fácil ver cortado aquele galho que você tanto gosta. Aquele galho que na sua visão é o que deu o fruto mais doce. Enfim, ás vezes é necessário que ele seja cortado, lembrando que o tronco (Jesus) é o que sustenta os galhos (servo) e não o inverso.

Com o passar do tempo o comodismo vai fazendo com que nos tornemos videiras carregadas de galhos pouco frutíferos, acostumados com a pouca frequência, afinal de contas, é segunda-feira, esfriou, o período é de férias e está todo mundo viajando, mas quando acabam as férias, todos estão trabalhando.

Somos limpos pela Palavra. Qual foi a última vez que a Palavra “cortou” um galho seu, que você a sentiu mexendo no seu coração? Confesso que me sinto incomodado por chorar no fim de um filme e ás vezes não ter a mesma reação diante de uma mensagem...

Se você está passando por momentos de cortes, perdas, não reclame, Jesus está trabalhando para que você vá e dê mais frutos!

5 comentários:

  1. verdade, a algumas semanas estava me sentindo sem sensibilidade,fazendo tudo no automático como se eu fosse dono da minha vida.Então parei para refletir, nesta oportunidade ouvir o SENHOR falar comigo novamente.
    Abraços

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Glória a Deus.

    Fico feliz que ainda esta sensível a voz do Espírito.

    ResponderExcluir
  4. Estava cortando a unha semana passada e no cortar muito rente, o dedo ficou pouco sensível e até com pouco de dor.
    Essa semana já precisei cortar de novo e nem mas lembrava da dor.
    Deus faz assim conosco, várias vezes Ele tem a paciência de cortar os excessos, mas as vezes ( ou sempre) reclamamos porque dói, mas é pra benefício do corpo, pra crescermos mais forte.

    ResponderExcluir
  5. Caro anônimo.

    Boa comparação. Quase uma parábola..rs

    ResponderExcluir