sexta-feira, 15 de julho de 2016

Deus está no controle

Na verdade, na verdade te digo que, quando eras mais moço, te cingias a ti mesmo, e andavas por onde querias; mas, quando já fores velho, estenderás as tuas mãos, e outro te cingirá, e te levará para onde tu não queiras. João 21:18

Hoje alguns colegas de profissão estão se formando. Ontem saiu a designação para onde iriam. A frustração levou muitos às lágrimas. Uma vida construída em um lugar, mas para lá, não voltarão...
É triste? Sem dúvida alguma, mas para quem serve a Deus podem e devem encarar de uma outra forma.
Jesus deixa claro a Pedro que enquanto fosse moço (neófito, imaturo, sem entendimento do Projeto de Vida Eterna) ele iria para onde queria, para onde achasse melhor, mas quando fosse velho (experiente, provado, com entendimento da Vida), alguém estenderia a mão e levaria para onde não quisesse.

Amigos, talvez estejam sofrendo por não ir onde querem, mas vejam, Deus tem um projeto muito maior. Deixe que Ele conduza suas vidas. Não foi o Estado quem pegou em suas mãos a fórceps. Foi um Deus que tem marcado em suas mãos a nossa Vitória. Ele te cingirá e te levará para um PROJETO muito maior, ainda que hoje não possam compreender.

6 comentários:

  1. Grande reflexão... Aprendizado.
    Mesmo que sejamos FOLHAS levadas ao Vento... Com certeza, àqueles que são guiados pelo SENHOR... Terão suas FOLHINHAS caídas no Lugar CERTO... Se quiserem.
    Um abraço. A Paz.

    ResponderExcluir
  2. Muito bom minha amiga. Estava sumida hein...rs

    ResponderExcluir
  3. Li este post quando estava vivendo esta mesma situação, mas agora entendi o que o Senhor tem para mim. Grato Senhor por tudo.

    ResponderExcluir
  4. Que bom que esta Palavra lhe ajudou. Deus abençoe.

    abs

    ResponderExcluir
  5. Nobre amigo que Deus possa continuar a te iluminar , bem como suas reflexões possam amparar aqueles necessitados da palavra do Senhor em suas vidas.

    ResponderExcluir
  6. Obrigado pelo comentário, mas melhor ainda foi ver você e sua mãe no culto de glorificação. Sem preço que pague.

    ResponderExcluir