quinta-feira, 31 de outubro de 2013

Aboboreira


E fez o Senhor Deus nascer uma aboboreira, e ela subiu por cima de Jonas, para que fizesse sombra sobre a sua cabeça, a fim de o livrar do seu enfado; e Jonas se alegrou em extremo por causa da aboboreira. Jonas cap 04 vs 06.

Fugindo de Deus, Jonas começa uma vida literalmente de descida. Desce a Jope, desce para o navio, desce para o porão do navio, desceu as águas do mar, desceu para dentro de um grande peixe.

Este é o caminho do homem que está fora do projeto de Deus.

Passado este episódio, sobrevivendo pela misericórdia de Deus e após pregar em Nínive, encontramos na narrativa da Palavra um profeta amargurado, triste, afinal de contas, os desígnios de Deus não coincidiam com o seus. Mas o cap 04 vai terminar com uma experiência interessante. Uma aboboreira deixou Jonas muito feliz.

A história é tão antiga quanto atual. O homem hoje vive feliz com suas aboboreiras. Tem mais prazer nelas, em coisas passageiras, que nascem e se desfazem com tanta facilidade do que amor ao evangelho. Não é difícil de achar alguém angustiado por uma aboboreira que morreu. Uma não aprovação numa prova ou a simples derrota do time de futebol. Assim como aboboreira subiu por cima de Jonas, existem muitas aboboreiras que estão subindo na cabeça dos homens e os fazendo “alegres” momentaneamente.

A Bíblia narra que a planta fez sombra sobre a cabeça de Jonas. Fez sombra em um dia e morreu no outro nos deixando a lição que a melhor sombra para descansarmos é na Sombra do Onipotente.

Neste texto, Jonas é o perfeito exemplo do homem que está preocupado com sua vida de abóbora ao invés de procurar uma vida eterna. Vivemos dias de homens vaidosos, cheios de si. Que Deus possa despertar mais pessoas com amor para pregar em Nínive, ainda que Nínive não tenha 120.000 mil pessoas, mas tenha duas ou três esperando uma Palavra. Ainda que Nínive seja longe, uma cidade distante, ou nosso vizinho de porta.

Sugerido por Thiago – JF.

9 comentários:

  1. A luz em nossas vidas brilha sempre como Saulo no caminho a damasco parecia ser perto mas tinha uma longa distancia sem contar a surpresa que temos todos os dias o encontro com o SENHOR.

    ResponderExcluir
  2. Caro Marcos

    Sempre presente nos comentários.

    Infelizmente a viagem a Viçosa vai ficar para uma próxima.

    Forte abraço

    ResponderExcluir
  3. Muito bom texto. Que Deus nos livre de uma vida individualista e egoística. Um abraço.

    ResponderExcluir
  4. Pra "riba"..nada de ficar descendo "....é do alto que vem nossa vitória..."

    ResponderExcluir
  5. É vero...

    É do alto que vem nossa vitória...

    abs

    ResponderExcluir
  6. A última descida de Jonas foi de Deus...ao peixe...Quando Deus nos faz desser de verdade vemos o quanto somos dependente dEle... Glórias a Jeová... Belo estudo...Deus continue te usando vaso...Aleluia...

    ResponderExcluir
  7. As vezes realmente é necessário descer da posição que o homem ocupa para ele ver aquilo que até então não estava vendo.

    Obrigado pela contribuição

    abs

    ResponderExcluir