sexta-feira, 3 de agosto de 2012

O cego a beira do caminho

Lucas 18:41 Que queres que eu te faça? Respondeu ele: Senhor, que eu torne a ver.

      A resposta do cego a indagação de Jesus era que ele TORNASSE a ver, ou seja, um dia ele viu. Um dia o homem também viu, porém o pecado o cegou, fazendo com que se tornasse um ser materialista e racional. A cada dia mais a razão impede o homem de enxergar a salvação, que é pela graça e não pelas obras.
     O segundo detalhe é que Jesus encontra o cego quando saía de Jericó. O cego estava ali naquela condição de mendigo, fora da cidade, porque Jericó o recusou. Assim como aquela cidade recusou aquele homem, assim é o mundo e o seu sistema; ele tira do homem aquilo que ele tem de mais valor: a salvação; e quando ele não tem mais nada de valor em sua vida e já esta completamente cego, o mundo nos recusa e lança-nos para fora. A nossa sorte é que um dia o Senhor passou em nosso caminho perdido, Lembrou da condição de miséria que vivíamos, nos ouviu, nos fez ver. O melhor é saber que quando abrimos os olhos, a primeira coisa que vemos foi Jesus, “Yeshua”, Salvação! Mensagem sugerida pelo irmão Geovanni – Mirai/ MG.

4 comentários:

  1. É Geovanni, está cavando profundo nesta terra fértil. É muito bom ter uma nova revelação de Deus. A palavra conhecida se torna surpreendente novidade.

    ResponderExcluir
  2. Em alguns anos de igreja, já perdi a conta de quantas vezes li esse texto. O interessante é que há sempre algo novo. Glória a Jesus

    ResponderExcluir
  3. muito bom que Deus continue abençoando !!!!!

    ResponderExcluir
  4. Amém, obrigado. Que Deus nos abençoe

    ResponderExcluir