segunda-feira, 6 de agosto de 2012

o Filho VIVO

1 Reis - Capítulo 17:24: Então a mulher disse a Elias: Nisto conheço agora que tu és homem de Deus, e que a palavra do SENHOR na tua boca é verdade.


Enquanto Elias ficou na casa da viúva, multiplicou a farinha, o azeite. Nada faltou. Tudo ia muito bem até o dia em que o filho dela morreu. Neste momento aquela mulher esquece tudo que viveu com a presença do profeta, toda abundancia de alimento. Sua alma fica amargurada e ela chega a questionar a presença de Elias. O homem de Deus então ora e o filho da viúva revive. Vivo o filho, a viúva diz que agora conhece que ele é homem de Deus e que a palavra da sua boca é verdade.

Nesta última hora o servo do Senhor não pode apenas viver a experiência do materialismo, do aumento de riquezas. Ainda que válidas, essas não são as experiências que nos mantém na presença do Senhor.

O que nos faz conhecer verdadeiramente ao Senhor é a experiência do filho vivo. Vejamos:
Abraão viveu toda sua vida lembrando-se do filho vivo e não de um filho morto. (Isaque foi poupado do sacrifício e em seu lugar morreu um cordeiro).
Jacó não morreu no tempo da fome porque o filho que ele achava que estava morto, na verdade estava vivo (José).
Na saída do Egito, a grande marca do êxodo foi a manhã em que todas as casas egípcias havia um filho morto, mas na casa dos israelitas os filhos estavam vivos.
A maior verdade disso é próprio filho de Deus. Louvamos ao Senhor porque o Seu Filho Unigênito não está morto, mas está vivo no nosso meio.

O filho fala da obra do Senhor nas nossas vidas. Não adianta prosperidade, não adianta riquezas se o filho esta morto. Não há nada que se pode falar ou fazer que console a tristeza dos pais ao verem o filho morto. Há crentes que nada está bom, parecem que vivem com amargura na alma, isto porque o filho morreu dentro deles.

Mas quando o filho está vivo dentro de nós, ai sim verdadeiramente podemos dizer o que aquela mulher disse: Nisto (no filho vivo) conheço agora (porque antes não conhecíamos) que tu és homem de Deus (Jesus é então reconhecido e valorizado por nós como filho de Deus) e que a palavra do Senhor na tua boca é verdade (Jesus trouxe a nós Palavra de vida, mesmo porque, Ele é o caminho, a verdade e a vida, Ele é a Palavra de Deus).

Elias era só um tipo. Permitiu que a morte atingisse o filho da viúva. Se convidarmos a Jesus para morar na nossa casa (coração) Ele jamais permitirá que a morte atinja a obra do Senhor nas nossas vidas.

14 comentários:

  1. Análise interessantíssima.
    Principalmente porque em nossos dias, muitas igrejas estão desviando a atenção para o materialismo e, ainda, pior, estão levando para dentro das igrejas costumes pagãos, que contaminam a obra genuína do Espírito Santo e, como o Espírito Santo é muito sensível, a obra morre abandonada.

    ResponderExcluir
  2. Tem gente que esquece de zelar pela obra. Não alimenta o filho, não cuida, não protege. o Filho deve ser cuidado nas nossas vidas como a maior preciosidade que temos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente, nossa prioridade é a criança. Se tudo está sendo multiplicado, será em benefício à preservação da vida dessa criança. Se os mantimentos são multiplicados, de fome ela nunca poderá morrer. Assim sendo, sabemos que as bençãos materiais e outras que recebemos é em prol e para a obra em nossas vidas. O namoro, o casamento, o carro que adquirimos, a casa que conseguimos construir, nosso dia-a-dia, nossa saúde, nosso emprego, nossa vida... é tudo em benefício à preservação dessa Obra em nós.

      Excluir
  3. Ótimo texto. Fez lembrar outro filho morto, o da viúva de Naim. Esta só fazia chorar. Afinal, quem só tem a lembrança do Pai e um Filho morto, não vê outra coisa a fazer senão lamentar sua própria sorte. Ou, em alguns casos, querer também matar o filho do outro, como fez a mentirosa que compareceu diante de Salomão, que não satisfeita com a culpa que lhe recaía por haver matado o próprio rebento, ainda buscava se fazer mais culpada por estar influenciada pelo inimigo da nossa alma: roubando (o filho da outra), matando (o próprio filho) e destruindo (a alegria da companheira). Mas isso já é outra mensagem...

    ResponderExcluir
  4. Caros amigos Sandro e "Zemerick". Os comentários estão tão ricos que dão outras mensagens. Essa é a beleza da Palavra de Deus.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Analisando cada significado de FILHO VIVO, o texto é ainda mais rico:

      Abraão - Cumprimento de promessa garantida;
      Jacó - Preservação da vida;
      Povo de Israel - Liberdade;
      Sunamita - Garantia de restituição de toda sua fazenda;
      Viúva de Naim - Segurança, alegria e paz;
      A prostituta (1 Reis 3:16) - Justiça e mudança de vida;
      Pecadores - Perdão, projeto de vida, Salvação.

      Gostei muito mesmo dessa mensagem... vou juntar tudo e pregar na igreja. Rsss

      Excluir
  5. Fico feliz que a mensagem possa ser aproveitada. Muito mais o Senhor completará.

    ResponderExcluir
  6. me alegro em ver que o Senhor ele tem desvendado os seus tesouros para nos confortar neste momento em que estamos vivendo,realmente a palavra ela e sim uma fonte inesgotavel.

    ResponderExcluir
  7. Nesta última hora, o Espírito Santo tem revelado segredos maravilhosos aos seus servos.

    ResponderExcluir
  8. APDSJ Weslley,

    Gostei da mensagem, excelente.
    Há um ponto interessante na Bíblia... Deus permitiu a morte do menino.
    Quando vemos o versículo 9 do capítulo 17 de I Reis, vemos que Deus dirigiu Elias até Sarepta. Isso nos mostra que tudo já estava preparado desde a Eternidade, para ser uma experiência marcante tanto para Elias como para a viúva.
    Logo, o menino morreu por um propósito de Deus, estava tudo nos planos dEle. E isso nos trás um consolo muito grande, de poder ter a certeza de que tudo que Deus permite na nossa vida tem um propósito divino.

    O SENHOR é o que tira a vida e a dá; faz descer à sepultura e faz tornar a subir dela. 1 Samuel 2:6

    ResponderExcluir
  9. Não está escrito na bíblia, mas é uma verdade: não cai uma folha de uma árvore se não for da vontade do Senhor. Obrigado pelo comentário e seja muito bem vindo companheiro.

    ResponderExcluir
  10. A PAZ DO SENHOR JESUS AMADO IRMÃO

    http://bibliaapalavradedeus.blogspot.com.br/2012/06/filho-vivo-filho-morto.html

    ResponderExcluir
  11. Já acessei. Obrigado pelo comentário

    ResponderExcluir